Curitiba adota testes rápidos para diagnóstico de Covid-19 em jovens com sintomas respiratórios

Desde a segunda-feira de 24 de maio, a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba passou a usar testes rápidos para diagnóstico de Covid-19 em pacientes com sintomas respiratórios que tenham idade entre 18 e 40 anos, a parcela da população que, segundo a SMS da capital paranaense, mais se movimenta, se infecta e transmite a doença. O resultado do teste sai em 15 minutos.

Em caso positivo, o paciente assinará um Comunicado de Isolamento Domiciliar se comprometendo a ficar em casa por dez dias. Além disso, seus contatos domiciliares nesta mesma faixa etária e que exercem atividades fora de casa serão examinados com o teste rápido também. O objetivo é acelerar o resultado do teste e iniciar imediatamente as medidas de isolamento do paciente com Covid e também das pessoas com as quais ele tem contato direto.

No período de isolamento, haverá um monitoramento telefônico por parte do distrito sanitário para verificar como está a evolução do paciente e também, eventualmente, analisar se houve desrespeito ao Comunicado de Isolamento Domiciliar. Caso seja constatado que o paciente esteja furando o isolamento domiciliar, a Guarda Municipal poderá ser acionada para a realização de blitzes. Os pacientes flagrados furando o bloqueio podem ser multados e/ou mesmo responder por crime contra a saúde pública, previsto no Código Penal. “Com essas medidas reforçamos o controle dos casos ativos e trabalhamos para diminuir a taxa de transmissão”, diz a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Fonte: Portal SMS e Saúde Debate

 

Share on whatsapp
Compartilhe