Oftalmologistas dirigem o olhar solidário sobre a comunidade em período de pandemia

Criada por iniciativa de um grupo de especialistas, e do qual faz parte a médica e diretora da AML Dra Elaine Ferraresi Sampaio, a associação Olhar Amigo busca apoiar necessidades urgentes de entidades que ficaram desassistidas na pandemia

Os médicos integrantes da diretoria Olhar Amigo (acima, a partir da esquerda): Tiago Sakumoto, Luiz Ângelo Rosário, Jaime Alves Jr, Cornélia Wendel, Viviane Abumussi, Juliana Hasegawa, Elaine Sampaio e Ivan Idalgo

Um grupo de oftalmologistas de Londrina ampliou o próprio olhar sobre as dificuldades enfrentadas pela comunidade na pandemia de covid-19 e uniu forças para lançar a associação Olhar Amigo. O objetivo da entidade é agrupar pessoas com a mesma percepção sobre as necessidades das pessoas mais carentes e ajudar a suprir algumas das necessidades mais urgentes de entidades assistenciais da cidade.

“A ideia surgiu da observação das dificuldades de entidades beneficentes, que com a pandemia não conseguiram mais cumprir com auxílios e projetos de ajuda a pessoas carentes”, conta a oftalmologista Cornélia Wendel, responsável por dar o primeiro passo rumo à consolidação da associação. Ela conseguiu reunir 26 oftalmologistas que aderiram à causa da Olhar Amigo. “Cada associado está contribuindo com uma quantia mensal com a qual estamos entregando cestas básicas e auxiliando com alguns custos fixos de manutenção da sede da Adevilon (Associação dos Deficientes Visuais de Londrina)”, diz.

Por enquanto, apenas oftalmologistas aderiram à iniciativa, mas a associação está aberta à participação de qualquer pessoa disposta a trazer ideias, ajuda, iniciativas e parcerias.  Uma das apoiadoras do projeto é a oftalmologista Elaine Ferraresi Sampaio. “A minha história em uma ação social, de uma maneira mais constante, veio com o convite da Dra. Cornélia. A oportunidade de participar do Olhar Amigo com outros oftalmologistas foi um chamado que meu coração atendeu”, revela a médica que integra a diretoria da AML como membro do Conselho Fiscal e da Comissão Social e Eventos.

Na trajetória de Dra. Cornélia, a prática da solidariedade é antiga. Ela ajuda a creche do bairro Santa Fé há mais de dez anos e sempre tenta participar de projetos e ações beneficentes. “Nunca tinha me dedicado a uma associação específica. O que me motivou a dar andamento nessa iniciativa foi a aceitação e estímulo dos colegas quando joguei a ideia num grupo de WhatsApp. Engatinhamos, no início, por falta de know how nessa área e às vezes surgiram pequenos desânimos por achar que éramos só uma gotinha no oceano. Mas o grupo permaneceu unido e estamos caminhando lentamente. Toda ajuda é uma vitória que nos mantém firmes na busca do nosso objetivo”, celebra.

Olhar Amigo, como ajudar?
Para ajudar a associação Olhar Amigo, é possível fazer uma doação pela chave pix: 40476841000194 (CNPJ). E também por depósito bancário – Banco Uniprime – Agência 001 – Conta Corrente No 1174681 .
Caso queira receber outras informações, basta entrar em contato com a Clínica CIM (43) 3324-8744 ou com a médica oftalmologista Dra Viviane Abumassi (43) 3322-9823.

 

Fonte: matéria original da edição de agosto do Jornal AML

 

Share on whatsapp
Compartilhe