Museu recebe documentos históricos da saúde de Londrina

Carinhosamente chamado como Professor Nelsão (camisa xadrez/centro), o médico nacionalmente conhecido pelos trabalhos realizados na e para a Saúde Pública/Coletiva foi o primeiro diretor do Centro de Ciências da Saúde da UEL, no início da década de 1970

O Museu Histórico de Londrina-UEL recebeu em 21 de novembro último, a doação de documentos para a Memória da Saúde de Londrina. Uma série de documentos foi doada pelo primeiro diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UEL e professor de Saúde Coletiva na década de 70, Nelson Rodrigues dos Santos. A assinatura do termo de doação foi acompanhada pelo atual diretor do CCS, Airton José Petris, que representou o reitor da UEL, Sérgio Carvalho, da diretora do Museu Histórico, Regina Allegro, e do diretor do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (iNESCO), João Campos.

Os documentos são compostos por três páginas de artigo publicado pelo médico em 1975, primeiro fruto de reconhecimento nacional sobre saúde coletiva; um conjunto de reportagens e recortes de jornal, discurso feito pelo presidente do DCE da UEL em defesa do professor, que foi preso no período da ditadura; e texto da Conferência Alma-Ata, realizada em 78, sobre o que estava acontecendo no mundo quanto a atenção básica e universal a saúde. Eles estarão serão disponibilizados para a consulta pública no acervo permanente do Museu.

Por sete anos, Nelson Rodrigues dos Santos atuou em Londrina. Nesse tempo, ajudou a criar Centros de Saúde na área urbana e rural para atenção primária e integral a saúde. O modelo antecedeu o Sistema Único de Saúde (SUS). Por todo o aprendizado que a experiência na cidade lhe proporcionou, ele afirma: “Londrina me marcou muito. Ela foi muito mais importante pra mim do que eu pra ela”.

O professor Airton José Petris, que estudou na UEL no período em que Nelson lecionava, conta que o professor era referência. “O Nelson foi farol pra gente. É muito significativo você ter sido o primeiro diretor e eu começar agora. A gente agradece muito a sua contribuição, a história que construiu e o que fez para a saúde pública nesse país”, afirma.
Fonte: Agência UEL de Notícias

ASSISTA ao vídeo produzido pela equipe do Museu Histórico de Londrina-UEL, para celebrar a doação realizada pelo Professor Nelsâo, em 21 de novembro.

OUÇA a entrevista do presidente do Inesco, João Campos, à Rádio UEL FM, sobre a destacada participação do professor Nelson Rodrigues dos Santos na Universidade Estadual de Londrina e, por meio dele, a importância desta mais recente doação (também articulada pelo Inesco) ao Museu Histórico para a memória da Saúde Pública/Coletiva em Londrina:

Share on whatsapp
Compartilhe